domingo, 28 de outubro de 2012

... The Game


Dou por mim a pensar na sociedade em que vivemos, na vida agitada do dia-a-dia, nas horas que passam a correr, nos dias em que quando me levanto de manhã nem parece que passei a noite a dormir... 
Cada noite para mim tem um sonho diferente, mas sempre relacionado com as situações que vivo ao longo do dia, com situações difíceis de ultrapassar e com aquelas que, de uma forma ou de outra, me possam causar algum desconforto... 
Sonho com relações interpessoais que são aquelas que mais me fazem pensar... nos amigos que nunca vejo, nos que já partiram e nos que nunca vi! E de manhã sempre que acordo lembro-me do que sonhei... e fico aqueles minutos a pensar na realidade do meu sonho e questiono-me no que fiz de errado para que estas memórias estejam em mim bem presentes.
Lembro-me da história de um filme recente - The Hunger Games... A nossa sociedade é em tudo  semelhante à história do filme...  Cada um de nós vive no seu "distrito" e todos os dias tem uma luta pela frente! O meu "distrito" está cheio de pessoas com as quais tenho muito a aprender, mas também com pessoas que não me dão essa oportunidade e é aqui que reside a minha questão... Será que a vida tem mesmo de ser assim?... 

3 comentários:

Anónimo disse...

Não...não tem de ser assim! Há que alterar as regras do Jogo senão caminhamos para o Isolamento! Bom post!!

Oz

Liliana Silva disse...

Thanks Oz...

Luis Miguel Serrano disse...

Bom post. Cheguei aqui ao teu blog através do Twitter, quando estava a dar uma vista de olhos aos meos Seguidores. Decidi dar uma espreitadela e tenho que dizer que está fixe e tem uma boa vibe.

Gostei do post, e de certa forma tb me identifico com algumas das coisas de que falas.

Embora possa ser frustrante e desgastante estar sempre a remar contra a maré, a fazer o "impossível", conseguir o impensável, etc, tenta ver nisso (e em tudo), um desafio. Ficas mais forte, reforças a tua determinação, e o teu espírito de lutadora. Alguém capaz de lutar para atingir os seus objectivos, mesmo em condições bastante adversas. Alguém que não desiste. Isso hoje-em-dia nem sempre é fácil de encontrar, e sempre é algo que pode servir de motivação adicional, e tornar-te uma inspiração de ti própria.

Claro que não é fácil, e como disse, por vezes é bastante desgastante. Mas também, no meio disso e de tudo o que vai acontecendo, lá aparece de vez em quando algo absolutamente diferente, mágico, e que desafia a "lógica" e as probabilidades.

Continua assim, agora e sempre :).

Beijinho,

Luis